NOSSAS MULHERES

Toda mulher nasce princesa. Respeito, ternura e compreensão é o que merecem ter ao longo da vida.

Guerreiras, há muito tempo cuidando de nós, homens, velhos e crianças. Então é inadmissível que ainda sofram violência e exploração de todos os tipos. Pior ainda em países que dizem primar pela democracia e zelar pelos direitos humanos.

Como você se sentiria estudando, se aprimorando e ter um salário menor do que alguém com o mesmo nível intelectual e acadêmico ou menor que o seu? Apenas por ser do sexo oposto. No mínimo uma situação muito frustrante.

Não querem piedade, favores, tão pouco serem fantoches nas mãos de alguns insanos e tarados de plantão num escritório qualquer. Um sorriso mostra civilidade e simpatia, e ela não está te provocando como quer sempre pensar. Se coloca por um segundo do outro lado e pense na situação, terrível não é? Então faça a sua parte.

Precisam da gente assim como precisamos delas. Companheirismo sim, deveria ser a palavra de ordem. Cúmplices numa jornada tortuosa e nem sempre das mais fáceis. Nada mais confortante saber que se pode contar com a sua parceira e vice-versa. Trocar experiências, intimidades e tudo mais que envolve um relacionamento pleno e saudável.

Não sejamos coniventes e nem omissos com a violência em todos sentidos sofrida por elas. Se puder ajudar, ajude. Se puder escutar, escute. E o principal, se puder se transformar, não seja mais a mão que fere, seja o colo, o afago e todo o carinho que as mulheres merecem.

Beijo grande, princesas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *